Super poder

Eis que estou no café do trabalho e alguém me fala:

– MaWá, você que é mãe, me diz: qual sabor de chá eu devo levar para uma pessoa enjoada?

<fecha o close na minha mente>

Você-que-é-mãe. Gente, sou mãe. E acabo de perceber que, como mãe, eu adquiri o super poder de saber tudo.

Você que é mãe, me diz o chá.
Você que é mãe, me explica isso.
Você que é mãe, me conta aquilo.

De repente você é obrigada a ter resposta pra tudo. Mesmo que meu filho nunca tenha ficado enjoado. Mesmo que meu filho nunca tenha tomado chá. Mesmo que eu não faça uma vaga ideia de qual chá seja bom para o enjôo.

<termina o close na minha mente, volta o diálogo>

– Hein, MaWá, você acha que chá verde é bom?

Nessa hora entendi o que é ser mãe e respondi:

– Chá verde não serve, tem que ser cidreira.

Porque mãe que é mãe pode até não ter certeza, mas sempre tem resposta.

PS: A propósito, perguntei para a minha mãe sobre o chá e adivinhem? Cidreira. Acho que passei no teste.

Leave a Reply