quanto tempo a gente demora pra viver?

Foi a primeira vez que fiquei tanto tempo sem ir ao hospital de nariz. Foi um intervalo de 1 ano e eu estava retomando a visita e também a memória. M. é uma menina que há tempos ocupa a mesma cama na semi intensiva. Ela sempre foi apaixonada pela Manjoca, minha antiga dupla de palhaço. Depois que Manjoca se mudou de país, toda vez que eu visitava M. eu percebia que ela gostava do momento, mas que sentia falta de algo. Te entendo, M., eu também tenho saudades da Manjoca.

Na minha volta ao hospital, a surpresa. Outra criança ocupava o leito de M. E aquela imagem foi tão forte que, em segundos, minha mente viajou longe. Quanto tempo a gente demora pra começar a viver? Quanto tempo a gente demora pra morrer? Meu último ano foi insanamente intenso, como teria sido o último ano de M.? Como teria sido o último ano de Manjoca? Eu, M. e Manjoca. O que nos une, afinal? Deixei a semi intensiva triste, com um misto de saudade e dúvida.

Entrei no quarto seguinte tentando zerar a energia e deixar aquela carga lá na semi. Foi aí que eu vi M., deitada em outra cama, com o olhar vago e a boca ligeiramente fechada. Não sabia ao certo quanto ela conseguiria reagir, pois M. parecia estar mais inchada do que o comum. Comecei a cantar. Nada de reação. Continuei cantando enquanto o paciente da outra cama se entusiasmava. Me apoiei no encanto dele e cantei ainda mais forte, quando de repente M. reagiu. E abriu um sorriso lindo cheio de brilho no olhar. M. estava lá, inteira e entusiasmada.

Manjoca se mudou de país, eu morei muito longe e M. havia apenas mudado de quarto. Mas é exatamente nesse tipo de relação que a gente entende que distância é apenas uma questão física quando existe verdade na troca.

5 Comments

  1. Patinha

    Lindo.

  2. weno

    suspirei aqui.

  3. Ale Jungermann

    3 “M”´s unidos. MaWa, M. e Manjoca. Lindo!

  4. kauana

    lindo questionamento. chorei

  5. Lindo!Cada palavra escrita expressa sentimentos sinceros!

Leave a Reply