como ver a aurora boreal

Aurora boreal! Como foi? Onde foi? Quando foi? Como tem muita gente me perguntando, resolvi juntar todas as informações aqui pra quem quiser ver uma das coisas mais bonitas da vida.

A aurora boreal é conhecida por deixar o céu cheio de cores e movimentos que não costumamos ver normalmente. A cor predominante é o verde, mas você consegue ver nuances de outras cores como azul, roxo, vermelho e rosa. Ela acontece por conta de explosões do sol que, ao chegarem à superfície terrestre, transformam-se em partículas que refletem essas cores (essa é a minha explicação leiga, se algum cientista ou astrônomo quiser me corrigir, é só fazê-lo).

É possível ver a aurora sob diversas circunstâncias. Mas se você, como eu, precisa desembolsar uma bela grana e se deslocar de onde mora, vale a pena pensar nas condições mais favoráveis para vê-la. Isso significa lua nova e céu aberto. A lua nova é o fator mais fácil de se prever, basta um calendário lunar. Eu sei que também é possível ver a aurora com a lua cheia mas, quanto menos luz por perto, mais fácil. Céu aberto você vai conseguir com um bom guia caçador de aurora. O meu guia é um cara ótimo e maníaco pela aurora. Ele dirige horas e mais horas só pra conseguir chegar num lugar que, segundo a meteorologia, vai ter céu aberto sem nuvens. Ou seja, depende muito da disponibilidade do seu guia de ficar literalmente caçando a aurora.

Por último, o fator mais arriscado e que pode fazer você receber um upgrade na visualização da aurora é a explosão do sol. Esse fator não é controlável e você deve se considerar muito sortudo se isso acontecer. Momento inveja: aconteceu comigo! Para acompanhar o nível de atividade solar, você pode ver o índice KP nessa página. O índice costuma ficar entre 0 e 3. O que eu vi foi um KP 5, fruto de uma CME (coronal mass ejection) que saiu do sol no dia 23.01.2012 e foi vista aqui no dia 24.01.2012.

É comum você ver a aurora em locais próximos aos pólos. A Lapônia (Lapland) é a região que cobre a parte norte da Escandinávia. Só para vocês se localizarem, eu fiquei na cidade de Ivalo, que fica acima da cidade do Papai Noel. De Ivalo dirigimos até Laksavel, na Noruega, e até a fronteira da Finlândia com a Russia. Ah, li que a Islândia também é um ótimo lugar para se ver a aurora.

Como eu fiz e recomendo:

Aurora Hunters: Andy Keen é o tal do guia maníaco que falei. Ele faz de tudo para ver a aurora, super recomendo. Além de tudo, é um cara simpático e isso é essencial para manter o bom humor, uma vez que você vai passar um belo tempo dentro do carro com ele até chegar ao local da aurora.

Guesthouse Husky: fiquei hospedada nesse local, uma graça. Fica próximo de Ivalo (Finlândia) e é uma espécie de pousada no meio do nada, rodeada por neve e huskies. Os donos são uma família super fofa e servem uma comida ótima. Tem inclusive uma sauna deliciosa com janela para o por-do-sol nas árvores cheias de neve. O único porém desse local é se você precisar de algo muito urgente da cidade, pois ela só pode ser alcançada (rapidamente) via carro. Só para constar, um táxi de lá pra Ivalo sai, em média, 16 euros.

Roupas: é MUITO frio. A temperatura mais alta que eu peguei lá foi -11°C e a mais baixa, -30°C. A Husky Guesthouse oferece macacões de neve caso você não queira comprar um casaco gigante. Além disso, o macacão também substitui a calça que normalmente se usa por cima de outras camadas. Tirando as questões estéticas, tem apenas mais um detalhe: o macacão de lá costuma ter cheiro de comida de husky. Ou seja, você fica parecendo um astronauta com um toque de carne oleosa. Eu fiquei e foi super ok, mas tenho um espírito Shrek em mim que não se incomoda em nada com isso. Além disso, descobri que ninguém julga ninguém quando está muito frio, pois é indigno você julgar uma qualquer um que esteja a -30°C.

Ufa, acho que é isso. Só posso terminar dizendo que valeu cada segundo de aurora vista. Passei frio, passei perrengue, fiquei doente. Mas tenho certeza que preenchi minha cabeça (e meu Flickr) com imagens que vão me encher de alegria pra sempre.

5 Comments

  1. MaWá, tenho uma dúvida cruel. A aurora é bem visível assim como aparece nas fotos? Pergunto isso porque vejo que em algumas rolou uma super exposição.

    Parabéns pelas fotos! Esse é um dos meus sonhos tbm.

    [ ]´s

  2. Oi Maurício! Nos primeiros dias, eu fiquei com a mesma sensação que você, de que a aurora é bonita, mas muito mais escura ao vivo e a foto só é bonita por conta da longa exposição. No entanto, quando eu vi a aurora no último dia, com a tal da explosão solar… Ela é tudo isso sim.

    Só pra detalhar: nessa foto (http://www.flickr.com/photos/mawa/6776525711) a aurora não estava tão intensa assim. É uma longa exposição que deixou a cena mais bonita.

    Já nessa foto (http://www.flickr.com/photos/mawa/6775977209) a aurora estava exatamente assim. Estávamos perto de um prédio com luz branca, por isso as árvores estão tão iluminadas.

    Resumindo, a mágica acontece. Depende da tua sorte em relação à explosão do sol 😉

  3. Renata Lemos

    Oi Mawa!

    Acabei de ver teu blog e tenho umas perguntinhas. Eu sou louca pra ver a Aurora, já tentei duas vezes e não consegui. Meu marido conseguiu 2 dias off agora de ultima hora e estamos pensando em ir pra Ivalo neste fim de semana, tipo depois de amanha. Sendo que o passeio com o Andy Keen já esta lotado, obvio. Então estamos cogitando a possibilidade de alugar um carro e sair pra esta busca por nós mesmo, de repente acompanhando algum guia destes. Consegue nos dizer se seria furada demais??

    Conhece alguma outra companhia/guia da região que faz o mesmo tipo de tour onde poderíamos tentar uma vaga? Desta pousada que vc ficou, já que é no meio do nada, será que de la mesmo daria pra ver??

    Super Obrigada!

  4. Oi Renata! Vamos lá: realmente pode ser um pouco arriscado ir sem o guia nessa época. Eu não conheço nenhum outro, apenas o Andy. Será que ele não recomenda ninguém? Você pode perguntar também para a dona da pousada, Outi, se ela tem alguma recomendação de guia da aurora.

    Sobre ir sozinho: se vocês estiverem acostumados a dirigir na neve, talvez seja ok. Mas já aviso que é no meio do nada e eu não me sentiria segura em fazer isso (novamente: moro em Estocolmo há pouco tempo e não tenho carro aqui, então não sei direito opinar). De repente você ou seu marido já estão acostumados com isso…

    Dá pra ver a aurora da pousada sim, eu vi. Mas sou obrigada a repetir: precisa ter essas condições todas de céu aberto e sol explodindo. Esse fim de semana é pós lua cheia, então tem mais luz iluminando o céu. Desculpe não te dar a resposta certa, mas a verdade é que pode ser que veja e pode ser que não veja.

    Enfim, se der certo, você volta aqui pra contar? 😉

  5. César Brandão

    Boa noite Mawa,
    Sou o César Brandão de Natal-Rn e estou viajando para Tromso na Noruega em busca da aurora Boreal nesta próxima semana 12 de fevereiro, vou arriscar apesar de ser lua cheia dia 14 na sexta. O que você acha será que vale a pena ir na véspera da lua cheia tentar ver este grande espetáculo da natureza??? Só posso ir nesta data.
    Atenciosamente,
    César Brandão

Leave a Reply