escute antes de agir

Era um bebê cheio de deformidades e com o corpo totalmente torto. No começo, eu não sabia ao certo se o fato de ele estar meio torto era por conta de sua doença. Tentei chamar a sua atenção, fazê-lo reagir a qualquer estímulo e nada. Ele continuava com a coluna torta e com o olhar longe. Segui o seu olhar e finalmente percebi. Atrás de mim havia um biombo e, atrás dele, uma televisão. O menino só enxergava uns 10% da tela e, mesmo assim, tinha que ficar todo torto para conseguir ver esse pedacinho. Puxei o biombo para o lado e, imediatamente, ele abriu um sorriso. Endireitou as costas e ficou, feliz da vida, assistindo televisão.

Muita gente acha que palhaço tem que fazer graça. Mas a real é que a satisfação está mesmo em escutar o que o outro precisa e, na medida do possível, interferir.

2 Comments

  1. Marcia

    🙂 Foi um momento feliz do sábado!

  2. oi, lembra d’eu? sou amigo da vilma. sigo teu blog já faz um tempo e deu pra perceber que você é palhaça (em vários sentidos). você tá com os doutores da alegria? pergunto porque sou muito ligado a eles, principalmente à turma de recife, claro, mas conheço vários de sampa também. bjos

Leave a Reply