pedreiro geek

Cena: MaWá sentada sozinha numa mesa, na padoca da esquina, checando emails no telefone. Um rapaz se aproxima, olha e diz:

Vi que você tá com iPhone, posso te perguntar uma coisa? Você sabe usar o recurso sei-lá-qual?

Gente, nem consigo lembrar qual era o recurso que ele falou. Só conseguia pensar uma cantada pós-moderna! Bem “fenômeno da contemporaneidade”. Ao invés de perguntar o telefone da cachorrinha, rolou um e aí, quer conectar?

Tô chocada.

A propósito, no mestrado o povo adorava falar “fenômeno da contemporaneidade” para qualquer coisa que acontece na atualidade. É óbvio que qualquer coisa é fenômeno da contemporaneidade. Acho que era só para evitar começar a frase com “Atualmente…”

Leave a Reply